O papel das mulheres na sociedade é o tema do 1º Seminário “Mulheres Reais que Transformam”, evento a ser realizado no dia 30 de outubro, das 10h às 14h, no Hotel Sheraton Hotel & Resort, no Rio de Janeiro. Projeto da jornalista Ana Paula Padrão e da empresária Tatianna Oliva, da Cross Networking, o encontro vai reunir personalidades reconhecidas por suas ações pelos direitos humanos e pela igualdade social e cultural das mulheres no mundo. Estão confirmadas as presenças de Leymah Gbowee, prêmio Nobel da Paz em 2011; Sampat Pal Devi, líder do grupo Pink Gang contra a violência doméstica na Índia; Tony Porter, co-fundador da “A Call to Men”, entidade que combate agressões contra mulheres e crianças; Graça Foster, presidente da Petrobrás; Izabella Teixeira, Ministra do Meio Ambiente, e Renato Meirelles, diretor do Instituto Data Popular, que falará sobre a nova classe média brasileira.

Com expectativa de reunir cerca de 500 pessoas, o seminário “Mulheres Reais que Transformam” faz parte do projeto Tempo de Mulher, que realizou em julho deste ano o fórum “Mulheres Reais que Inspiram”, em São Paulo, com a presença de personalidades internacionais e com o apoio de Dove, a marca que há 20 anos apoia e incentiva a beleza real no Brasil. Representantes femininas ligadas à causa da mulher no mundo apresentaram suas histórias de vida e de luta.

Nesse próximo evento, será promovida mais uma discussão entre as convidadas: a relação entre beleza e confiança e como juntas possibilitam conquistar objetivos, cativar pessoas e transformar o mundo. Durante o “Painel Dove – Beleza que Transforma”, a marca irá apresentar dados de pesquisa, com a participação de Andrea Salgueiro, vice-presidente de Cuidados Pessoais da Unilever, Ana Paula Padrão e convidadas especiais.

Agora, Dove promoverá um outro debate que relaciona a beleza e a confiança e como juntas possibilitam conquistar objetivos, cativar pessoas e transformar o mundo. Para o painel, intitulado “Dove – Beleza que Transforma”, Andrea Salgueiro, vice-presidente de Cuidados Pessoais da Unilever, e Ana Paula Padrão receberão convidadas especiais que contarão suas experiências de como a felicidade está plenamente conectada a aceitação da própria beleza e como isso se reflete no sucesso pessoal de cada uma.

O seminário tem também o patrocínio de Amil, Activia, Casas Bahia, Sebrae, além da participação especial da AME e o apoio à pesquisa da C&A, marcas e entidades que desenvolvem trabalhos com foco na mulher brasileira. “Nosso objetivo é atuar com marcas e instituições que possuem identificação com o tema e tenham trabalhos voltados às mulheres em suas plataformas de negócios”, explica Tatianna Oliva, sócia-diretora da Cross Networking.

Sobre os palestrantes do Seminário

Leymah Gbowee, ativista africana, nascida na Libéria, é responsável por liderar o movimento pela paz que pôs fim à Segunda Guerra Civil da Libéria em 2003. Em 2011, foi uma das três personalidades a receber o prêmio Nobel da Paz.

Sampat Pal, fundadora e líder de um grupo de mulheres vigilantes no norte da Índia, chamado "Gangue Rosa" ou "Gangue Gulabi", porque suas integrantes usam uma espécie de uniforme: um sari rosa como símbolo da luta contra a violência doméstica. Ela é ainda mais incomum por pertencer à mais humilde casta na hierarquia da sociedade hindu. A Irmandade Rosa reúne cerca de 20 mil pessoas. Sampat viaja de aldeia em aldeia na Índia fazendo reuniões com as mulheres e recrutamento para o grupo.

Tony Porter, educador e ativista norte-americano que  há mais de vinte anos atua na área de justiça social. É reconhecido internacionalmente por seu trabalho de conscientização sobre agressão às mulheres. Co-fundador da entidade “A Call to Men”, é consultor da Comissão da Casa Branca sobre violência contra mulheres e meninas e do  Gabinete de Violência contra Mulheres do Departamento de Justiça dos EUA.

Graça Foster, presidente da Petrobrás, é a primeira mulher no mundo a presidir uma companhia petrolífera. Há 31 anos na companhia, esse ano, foi eleita pela Revista Forbes, a vigésima mulher mais poderosa do mundo.

Izabella Teixeira é Ministra do Meio Ambiente desde 2009. Professora de MBA e especialista em avaliação ambiental estratégica. Desde 2010 integra o Painel de Sustentabilidade da ONU, composto por autoridades de 21 países. 

Renato Meirelles, sócio-diretor do Instituto Data Popular, já conduziu mais de 200 estudos sobre o comportamento do consumidor de baixa renda no Brasil. É especialista na relação da nova classe média brasileira com os produtos e as marcas. Conhece suas peculiaridades, seus hábitos, influências, motivações e sonhos. Aprofundou seus estudos sobre a visão de mundo dessa classe, suas barreiras culturais e estratégias de mobilidade social.

Die Bürgerrechtlerin Leymah Gbowee wird beim ersten Seminar Mulheres Reais que Transformaram anwesend sein / Copytight: Wikipedia, Creative Commons, César

Morgen (30.10.) werden in Rio de Janeiro im Sheraton Hotel & Resort Diskussionen rund um die Rolle der Frau im Rahmen des ersten Seminars Mulheres Reais que Transformaram („Wahre Frauen, die Veränderungen bewirkten“) stattfinden. Laut der Unternehmerin Tatianna Olivia der Firma Cross Networking, eine der Organisatorinnen des Seminars, ziele man darauf ab, eine Debatte anzukurbeln, die verschiedenste Bereiche der Frauen in der ganzen Welt abdecke. Dafür wurden Persönlichkeiten eingeladen, die durch ihr politisches Engagement wie für den Kampf der Menschenrechte und soziale Gleichberechtigung bekannt geworden sind.

So ist beispielsweise die Bürgerrechtlerin und Politikerin Leymah Gbowee aus Liberia zu Gast. Für ihren gewaltfreien Kampf für Frauenrechte und die Sicherheit von Frauen wurde ihr 2011 der Friedensnobelpreis verliehen. Auch wird Sampat Pal Devi aus Indien anwesend sein, die Gründerin der Gruppe Gulabi Gang, ein Zusammenschluss indischer Frauen, die sich für Frauenrechte und gegen soziale Ungerechtigkeit einsetzen. Ein weiter Gast ist die Präsidentin des brasilianischen Erdölunternehmens Petrobras, Graça Foster, die erste Frau weltweit, die eine Ölgesellschaft leitet.

Weitere Redner werden die brasilianische Umweltministerin, Izabella Teixeira, sein, der politische Aktivist Tony Porter (USA), der sich für Menschenrechte und soziale Gerechtigkeit einsetzt, und der Leiter des Instituts Data Popular, der die neue brasilianische Mittelschicht analysieren wird.

Das Seminar ist ein Teil des Projekts Tempo de Mulher („Frauenzeit“), durch das bereits im Juni dieses Jahres das Forum Mulheres Reais que Insipram („Wahre Frauen, die inspirierten“) in São Paulo veranstaltet wurde. (ds)